Gestão e Contabilidade Ambiental: Estudo de Caso em Instituição Hospitalar

Vinícius Pamplona, Elisete Dahmer Pfitscher, Vivian Osmari Uhlmann, Bernadete Limongi

Resumo


Este trabalho teve por objetivo avaliar os aspectos e os impactos ambientais de um hospital em termos de sustentabilidade, com o auxílio da Contabilidade Ambiental. Por meio de um estudo de caso em um hospital de Florianópolis – SC, com a aplicação parcial do Sistema Contábil Gerencial Ambiental – SICOGEA, foi possível determinar o grau de sustentabilidade e desempenho ambiental da referida instituição. A pesquisa adotada neste estudo é de natureza exploratório-descritiva, com abordagem predominantemente qualitativa. Com base nos resultados alcançados, parece evidente que a instituição necessita aprimorar o processo de gestão ambiental, visto que apenas o critério “Tratamento com pacientes” apresentou um grau de sustentabilidade considerado adequado pelo método de avaliação do desempenho ambiental adotado nesta pesquisa. As demais categorias contempladas no estudo obtiveram apenas o conceito ‘regular’ ou ‘deficitário’ no que concerne ao desempenho no gerenciamento dos aspectos e impactos ambientais. O baixo desempenho ambiental da maioria dos critérios indica a possibilidade da ocorrência de impactos ambientais negativos no processo de prestação dos serviços hospitalares. Outra constatação que emerge desses resultados é a de que a organização visa unicamente ao atendimento de disposições legais.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




e-ISSN: 1984-3925

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional

Indexadores e Diretórios:

Logotipo SPELL Logotipo IBICT Logotipo LATINDEX Logotipo OPENAIRE Logotipo DOAJLogotipo Cengage Logotipo EBSCOLogotipo REDIB Logotipo ESCI